A limpeza de pele é um dos tratamentos estéticos mais procurados atualmente. Ela é capaz de desobstruir os poros e diminuir a parição de espinhas, diminuir o sebo produzido pela pele, desintoxicar e rejuvenescer as células. Mas quais são os mitos e verdades que você não sabia sobre o procedimento? Preparamos esse artigo especialmente para você que ainda tem dúvidas sobre o tema.

Confira!

Ganhe até R$150 no programas de benefícios da Bonapele neste link!

1. Não posso pegar sol após a limpeza de pele.

Verdade! O uso de protetor solar é imprescindível após o procedimento para evitar possíveis manchas sob a pele. Isso porque a pele fica muito sensibilizada e marcada, e pode ocorrer o surgimento de manchas irreversíveis, caso não siga as recomendações do esteticista. Por isso, aposte sempre em um filtro solar com, no mínimo, fps 30 e acessórios para proteger do sol como bonés e chapéus.

2. A limpeza de pele é indicada somente para peles oleosas.

Mito! Todos os tipos de pele podem usufruir do procedimento. Apesar de ser mais utilizada em peles com sebo e tendência à acne, existem diferentes tipos de limpeza e cada uma se adequa mais a um tipo de pele, variando a frequência o espaço de tempo entre uma sessão e outra e o produtos utilizados. Há produtos específicos para peles secas, mistas e oleosas. Todas elas podem se beneficiar com um melhor resultado dos produtos utilizados em casa, ocasionado pela abertura dos poros, fazendo o produto penetrar mais intensamente.

3. Os cuidados diários podem continuar normalmente após a limpeza.

Depende do produto. Deve-se atentar principalmente ao uso de produtos com ácidos em sua composição, pois podem resultar em uma recuperação e sensibilizar ainda mais o rosto. Como destacado anteriormente, o uso do protetor solar todos os dias é primordial para evitar manchas permanentes. O uso de cremes hidratantes pode ser um aliado para a recuperação da pele.

4. O rosto pode ficar marcado após a técnica.

Verdade! Devido a retirada de cravos e espinhas, é normal a pele ficar sensibilizada, avermelhada e com marcas. Pode ainda ficar levemente dolorida. O mais recomendado é o uso de produtos calmantes pós procedimento.

5. Grávidas não podem fazer o procedimento.

Mito! As grávidas também podem usufruir dos benefícios de uma limpeza de pele, contanto que sejam utilizados produtos específicos e adequados para este caso.

6. O ideal é começar a fazer limpeza de pele na adolescência.

Verdade! Quanto mais cedo, melhor! É na puberdade que os hormônios começam a estimular as glândulas sebáceas e as células chamadas queratinócitos, ocasionando as temidas espinhas. Realizando o tratamento desde o início desta fase é possível diminuir consideravelmente a ocorrência da acne e a oleosidade da pele.

7. A limpeza de pele profunda e com extração pode ser realizada normalmente em casa.

Mito! A limpeza de pele realizada sem o auxílio de um profissional capacitado pode resultar em infecções, cicatrizes e manchas, piorando ainda mais a aparência da pele. Para conseguir o resultado esperado e tornar o tratamento mais seguro, o auxílio de um esteticista é indiscutivelmente a melhor maneira pra isso.

Saiba mais sobre os riscos associados à limpeza de pele caseira.

8. Homens devem evitar se barbear logo após o procedimento.

Verdade! A lâmina de barbear fere ainda mais a pele já sensibilizada. O ideal é esperar, no mínimo, 3 dias para fazer a barba.

9. A limpeza de pele deve ser realizada frequentemente.

Verdade! O profissional deve avaliar a necessidade do paciente conforme o tipo de pele. Peles oleosas tendem a demandar um espaço menor entre as sessões, enquanto que as normais podem variar de 45 a 60 dias.

Ganhe até R150 no programas de benefícios da Bonapele neste link!

WhatsApp Bonapele
Enviar WhatsApp